Término de búsqueda

Campeões do mundo em equipas na Fórmula E Audi Sport ABT Schaefler, campeão depois de um final de temporada brilhante

Pressrelease Stage Image
A equipa campeã no pódio. Desde o lado esquerdo: Lucas di Grassi, Prof. Peter Gutzmer (Diretor de tecnologia da Schaeffler), Allan McNish (Diretor da equipa Audi Sport ABT Schaeffler), Daniel Abt e Georg F. W. Schaeffler (acionista e Presidente do Conselho de Supervisão da Schaeffler AG)

15/07/2018 | San Agustín de Guadalix

Este título em equipas é o desenlace de quatro anos de sucessos para a Audi Sport ABT Schaeffler na Fórmula E. Depois de terminar em terceiro lugar (uma vez) e outras em segundo lugar (duas vezes) nas temporadas anteriores, o excelente desempenho de Lucas di Grassi e Daniel Abt nas últimas corridas de Nova Iorque possibilitou a proeza de reverter uma distância de 33 pontos num único grande prémio.

As partes finais entusiasmantes são a marca da casa na Fórmula E. A equipa Audi Sport ABT Schaeffler chegava à última prova da temporada, celebrada no circuito urbano de Brooklyn, com algumas hipóteses de vitória em equipas. Para isso, era fundamental obter um grande resultado na primeira das duas corridas do fim de semana que permitisse reverter uma distância de 33 pontos. E o resultado chegou. Di Grassi e Abt terminaram em primeiro e segundo lugar, reduzindo a distância para a equipa Techeetah em apenas 5 pontos. Apenas faltavam 43 voltas à frente do skyline de Manhattan para decidir quem seria o novo vencedor da classificação por equipas. Jean-Éric Vergne (equipa Techeetah) tinha sido coroado como o piloto sucessor de Lucas di Grassi na classificação de pilotos no dia anterior, mas faltava resolver a batalha pela coroa de equipas entre a Techeetah e a Audi Sport ABT Schaeffler.

No domingo, Di Grassi e Abt começaram no quarto e quinto lugar imediatamente atrás dos seus dois rivais, mas a grande corrida dos dois pilotos permitiu que dessem a volta à classificação. Com a passagem pela bandeira axadrezada, Lucas di Grassi terminou no segundo lugar, sendo coroado como vice-campeão da Fórmula E e, por sua vez, Daniel Abt terminou em terceiro lugar obtendo mais um ponto pela sua volta rápida. Um total de quatro pódios e duas voltas rápidas no último fim-de-semana, com os quais a Audi Sport ABT Schaeffler obteve nada menos do que 78 dos 94 pontos possíveis, obtendo assim um título que parecia impossível algumas horas antes da corrida.

"Foi incrível, chegamos aqui numa posição quase desesperada e conseguimos reverter a situação. Campeões em equipas: não poderíamos estar mais felizes. Estivemos muito perto nas três temporadas anteriores e agora, finalmente, este troféu é nosso", comentou, emocionado, o Prof. Peter Gutzmer, máximo responsável tecnológico da Schaeffler. "Agora chegou o momento de guardar esta primeira geração de carros da Fórmula E no museu, para olhar para trás e relembrar um período em que fomos a melhor equipa." De facto, nestas quatro primeiras temporadas de Fórmula E, a Audi Sport ABT Schaeffler desempenhou um papel protagonista. Nenhuma equipa conseguiu mais pódios, 35 em 45 corridas, onze dos quais apenas em 2017/2018, com o registo de um novo record. Também cabe destacar a sequência de três triunfos consecutivos para Lucas di Grassi e o record absoluto de sete pódios consecutivos numa temporada. Em Roma, Paris e Berlim di Grassi e Abt estabeleceram a marca das voltas de corrida mais rápidas seguidas para uma equipa. A prova de Berlim também ficará na história, uma vez que terminaram em primeiro e segundo lugar, com a pole e volta da corrida, sendo a primeira equipa a alcançar o máximo possível de 47 pontos.

Abt tornou-se no segundo piloto da Fórmula E em conseguir a extraordinária "tripla" composta pela vitória na corrida, na pole position e na volta rápida de corrida. Com quatro voltas rápidas de corrida em seu nome, o piloto de 25 anos também estabeleceu um recorde em 2017/2018.

O Audi e-tron FE04 está equipado com tecnologia "made by Schaeffler". Em conjunto com a Audi, os engenheiros da Schaeffler desenvolveram o coração deste monolugar automóvel: a combinação de motor e transmissão. A Schaeffler é o parceiro tecnológico oficial da Audi Sport ABT Schaeffler nesta inovadora categoria de corridas 100% elétricas. A Schaeffler tem manifestado a sua posição nos circuitos como pioneiro da eletromobilidade desde a primeira temporada em 2014/2015. Quando um ano mais tarde, os regulamentos técnicos permitiram uma maior liberdade de desenvolvimento, os especialistas da Schaeffler criaram o sistema de propulsão para uma equipa que, além disso, foi até agora do único representante alemão. Para a Schaeffler, a Fórmula E é um dos muitos campos de atividade para trabalhar por uma mobilidade visionária e sustentável para o amanhã.

Durante esta grande final da Fórmula E, a Schaeffler aproveitou para partilhar a sua visão do futuro da mobilidade e da Fórmula E com cerca de 300 convidados, incluindo a embaixadora alemã nos Estados Unidos, a Dra. Emily Haber e Georg FW Schaeffler, Sócio Diretor e Presidente do Conselho de Supervisão da Schaeffler AG, num evento celebrado num terraço típico de Nova Iorque, e no qual foi apresentado o protótipo do novo e espetacular Audi e-tron FE05 no qual será novamente utilizada a inovadora tecnologia de propulsão e transmissão desenvolvida em conjunto pela Schaeffler e pela Audi. A primeira corrida do próximo campeonato será celebrada em meados de dezembro em Riyadh (Arábia Saudita) que sará lugar à segunda era da Fórmula E.

Editor: Schaeffler Iberia S.L.U.
País de publicación: España

Medios relacionados
Descargas

Notas de prensa

Paquete (nota de prensa + medios)

Compartir página

Schaeffler aplica la política de cookies para garantizar un uso óptimo. Si continua visitando esta página web, usted acepta implícitamente la aplicación de cookies. Más información

Aceptar